River joga nas oitavas de final da Copa Libertadores e é o grande favorito

Argentinos Lanús e River Plate definem sua permanência na Libertadores na próxima terça-feira

Dois grandes jogos agitam a noite de terça-feira (08) da taça Libertadores da América. Às 19:15 (horário de Brasília), o Lanús recebe o The Strongest, no estádio La Fortaleza, precisando de uma vitória para avançar às semifinais. Mais tarde, às 21:45, o desafio do River Plate será contra o Guarani do Paraguai, no mítico estádio Monumental de Nuñes.

A preparação de cada um dos times, e as cotações do Bodog, você confere abaixo.

Lanús x The Strongest

O Lanús chegou muito perto de quebrar a invencibilidade de quatro anos do The Strongest jogando em seu estádio, mas cedeu o empate aos quarenta e seis minutos do segundo tempo na partida de ida. Diego Bejarano marcou de letra o gol que foi uma ducha de água fria para o time argentino, e deu um novo fôlego para os bolivianos. Apesar das circunstâncias, no entanto, não se pode dizer que o empate em 1×1 tenha sido um resultado ruim para o Lanús, que balançou a rede como visitante e agora joga por uma vitória simples ou uma nova igualdade, mas desta vez sem gols.

O retrospecto do The Strongest atuando fora de casa pode servir para motivar o time. Em cinco partidas os bolivianos empataram três vezes, e só deixaram de marcar gols quando enfrentaram o Sporting Cristal. A presença do meia Chumacero, artilheiro da competição com oito gols, também será um alento para uma equipe que precisa marcar.

No lado dos argentinos a novidade é a volta do goleiro Esteban Andrada, recuperado de contusão. O lateral-esquerdo Velázquez deve jogar no lugar de Pasquini. O Lanús perdeu em casa apenas na partida de estreia, contra o Nacional do Uruguai. Depois disso venceu o Zulia e a Chapecoense, marcando oito gols e sem sofrer nenhum. É favoritíssimo para ficar com a vaga.

De acordo com os números do Bodog, uma vitória dos anfitriões pagará R$ 1,408 por cada real apostado, contra R$ 8,00 se o The Strongest levar a melhor, e R$ 4,05 em caso de empate. No entanto, outras modalidades de aposta apresentam bom rendimento. Na opção “Primeiro time a pontuar” o investidor embolsará 38% do valor apostado se o Lanús abrir o placar, 390% se o primeiro gol for dos bolivianos e 900% se houver um empate sem gols. Na hipótese de ambos os times marcarem cada real retornará R$ 2,10. Meu palpite é uma vitória do Lanús por 2×1, que multiplicará a aposta em 8,5 vezes.

River Plate x Guarani

A situação do River Plate é bem mais confortável que a de seus compatriotas. Os Millonarios venceram o primeiro jogo, no Paraguai, por 2×0, com destaque para o atacante Scocco, que balançou a rede em sua estreia pelo clube. O time agora pode até perder por um gol de diferença para se classificar para as semifinais. Caso o Guarani devolva o placar da partida de ida a decisão será nos pênaltis.

Depois de um mês sem disputar partidas oficiais, o River Plate chega com novidades. A maior e mais sentida é a ausência do meia Sebastian Driussi, vendido para o Zenit, da Rússia. O técnico Marcelo Gallardo ainda não anunciou quem será seu substituto, mas a escolha deverá recair sobre um dos novos contratados, Enzo Pérez ou Ignácio Scocco. De qualquer forma a equipe terá de mudar seu estilo de jogo, já que nenhum outro jogador do plantel possui as características de Driussi. A provável formação será o 4-1-4-1, com Ponzio como volante e uma linha de quatro meias ofensivos.

No Aurinegro paraguaio, o treinador Daniel Garnero também faz mistério sobre os onze que pretende escalar. Na partida do último final de semana, contra o Libertad, pelo Torneio Apertura, o argentino levou à campo todos os titulares que tinham condições de jogo. Apenas os zagueiros Enrique Meza e Luis Cabral, com febre e problemas musculares, respectivamente, e Nery Bareiro, que apesar de já ter retornado aos treinos ainda segue sem ritmo, ficaram de fora. Todos deverão estar à disposição para jogar na Argentina.

O River Plate disputou três partidas em casa nesta edição da Libertadores, e venceu a primeira contra o Mélgar, ficou no empate com o Emelec e perdeu para o Independiente Medellín. O Guarani, por sua vez, perdeu apenas uma vez como visitante, quando enfrentou o Grêmio, e venceu outros dois jogos, contra o Deportes Iquique e o Zamora.

Segundo as estatísticas do Bodog, a vitória dos argentinos é uma verdadeira barbada, e vai pagar R$ 1,426 por cada real apostado caso se concretize, enquanto o retorno para um inesperado triunfo do Guarani será de R$ 8,00 e o empate pagará R$ 4,00. Outras boas alternativas são as modalidades “Ambos os times marcarão”, que terá um rendimento de 220% se ocorrerem gols para os dois lados, e “Primeiro time a pontuar” que dará um lucro de 40% se o primeiro tento for do River, 395% se o Guarani abrir o placar, e 900% caso a partida termine 0x0. Meu palpite é que o time argentino vence novamente por 2×0, proporcionando assim um rendimento de sete vezes o valor investido.

Horários das partidas

19:15 – Lanús (R$ 1,408) x The Strongest (R$ 8,00 ) Empate (R$ 4,05)

21:45 – River Plate (R$ 1,426) x Guarani (R$ 8,00) Empate (R$ 4,00)