Espanha se joga a primeira colocação no Grupo G

Cinco títulos mundiais em campo no duelo entre Espanha e Itália pelo primeiro lugar do Grupo G das Eliminatórias Europeias

A sétima rodada das Eliminatórias europeias para a Copa do Mundo de 2018 brindará o torcedor com um duelo entre duas potências do futebol mundial. Vencedoras de duas Copas na última década, Espanha e Itália estarão frente a frente no próximo sábado (02), às 15:45 (horário de Brasília), no Estádio Santiago Bernabéu, em Madrid, na briga pela primeira colocação do grupo G. Apenas uma das seleções carimbará antecipadamente seu passaporte para a Rússia. Quem somar menos pontos nesta fase terá que disputar uma repescagem em formato de mata-mata contra outras seleções que terminarem nas segundas colocações de seus respectivos grupos. No momento, os dois times estão empatados em número de pontos, dezesseis, venceram cinco jogos e empataram um, mas os espanhóis levam vantagem no saldo de gols, dezoito contra quatorze.

Veja Cotas

Confira a seguir os prognósticos para este jogão, e as cotas do Bodog  para todos os confrontos da rodada.

Seleções se enfrentaram nas duas últimas Eurocopas

Ninguém questiona a força do tradicional futebol italiano, quatro vezes campeão do mundo, ou a qualidade do jogo da Fúria espanhola, que passou por um exponencial crescimento na última década, culminando com o título na África do Sul, mas o fato é que ambas as seleções fracassaram em competições recentes, e estão em dívida com seus apaixonados torcedores.

Espanha e Itália caíram ainda na primeira fase da Copa do Mundo de 2014. No caso da Itália, foi a segunda vez consecutiva, já que na Africa do Sul a Azzurra também não conseguiu confirmar sua condição de favorita. Nas duas últimas Eurocopas as seleções se saíram um pouco melhor. Em 2012, fizeram a decisão, mas o time italiano não resistiu ao bom futebol dos campeões do mundo, e foi massacrado em campo. O placar de 4×0 garantiu o terceiro título da história da Roja. Em 2016, os italianos foram à forra, e eliminaram os rivais nas oitavas-de-final com uma vitória por 2×0.

 Partida do 1º turno terminou empatada

Este será o segundo embate entre Espanha e Itália pelas Eliminatórias para a Copa da Rússia. A primeira partida, disputada no Juventus Stadium, em Turim, foi inteiramente dominada pelos visitantes, que saíram na frente com Vitolo, após uma furada bisonha do goleiro Buffon. Koke, Iniesta e David Silva controlavam as ações no meio-campo, e o time italiano via-se inteiramente acuado. Seu primeiro chute a gol só aconteceu aos onze minutos da etapa complementar, quando o placar já era desfavorável. Já no final da partida, um pênalti providencial, cobrado com competência por De Rossi, decretou uma igualdade que não interessava a ninguém. Os anfitriões ainda tiveram uma boa chance com Immobile, mas não foram capazes de passar à frente.

Nas outras partidas, a Espanha venceu duas vezes a Macedônia, aplicou a maior goleada da competição, 8×0, sobre Liechtenstein, e superou com facilidade as seleções israelense, 4×1, e albanesa, 2×0. A Itália passou pelos mesmos adversários, mas teve um pouco mais de trabalho. O time sobressaiu nas goleadas sobre Liechtenstein, venceu apertado a Macedônia e a Albânia, e se saiu bem fora de casa contra Israel.

No histórico recente do confronto o equilibrio é total. Espanha e Itália já se enfrentaram cinco vezes desde a final da Eurocopa de 2012, com uma vitória para cada lado e três empates. Os espanhóis marcaram três gols, e os italianos, quatro.

Opções de investimento

A Espanha é favorita para vencer a partida. O time do técnico Julen Lopetegui já foi muito superior e mereceu vencer quando os dois times se enfrentaram em Turim, e agora, jogando em casa, tem tudo para sair de campo com três pontos importantíssimos. A novidade do plantel, se é que se pode chamar assim, é o atacante Villa, que aos trinta e cinco anos foi convocado pela primeira vez desde a Copa de 2014, e vai substituir Diego Costa, barrado.

No lado italiano, o comandante Giampiero Ventura encara o jogo como uma final. Os desfalques do time serão dois ítalo-brasileiros, Jorginho e Thiago Motta. De resto, a Azzurra conta todos os titulares, entre eles o goleiro Buffon, o volante De Rossi, e o atacate Immobile, artilheiro do time na competição, com cinco gols.

De acordo com os números do Bodog , uma vitória dos anfitriões pagará R$ 0,84 por real investido, contra R$ 3,64 se der Itália. Na opção de aposta que não contempla o empate é possível obter um bom faturamento com menores riscos. Caso os espanhóis levem a melhor, o retorno será de 130%, enquanto um triunfo dos italianos renderá 319%. Caso os dois times marquem gols, a aplicação será multiplicada em 2,2 vezes, mas se isto não acontecer, o apostador poderá faturar 1,6 vezes o que investir. Meu palpite é uma vitória da Roja por 2×1, com todos os gols marcados no segundo tempo. Essa aposta trará um lucro de R$ 8,74 por cada real na modalidade placar correto, e de R$ 4,28 na opção vitória da Espanha após empate no primeiro tempo.

 Jogos da 7ª rodada:

31/08 – 15:45 – Bulgaria (R$ 5,00) x Suécia (R$ 1,77) Empate (R$ 3,30)

31/08 – 15:45 – França (R$ 1,55) x Holanda (R$ 6,50) Empate (R$ 3,80)

31/08 – 15:45 – Luxemburgo (R$ 6,25) x Bielorussia (R$ 1,60) Empate (R$ 3,50)

31/08 – 15:45- Hungria (R$ 1,33) x Letônia (R$ 10,00) Empate (R$ 4,65)

31/08 – 15:45 – Portugal (R$ 1,02) x Ilhas Faroe (R$ 51,00) Empate (R$ 23,00)

31/08 – 15:45 – Suíça (R$ 1,02) x Andorra (R$ 81,00) Empate (R$ 31,00)

31/08 – 15:45 – Chipre (R$ 7,03) x Bósnia (R$ 1,52) Empate (R$ 4,03)

31/08 – 15:45 – Grécia (R$ 1,44) x Estônia (R$ 9,02) Empate (R$ 4,10)

31/08 – 15:45 – Bélgica (R$ 1,01) x Gibraltar (R$ 61,21) Empate (R$ 30,24)

01/09 – 13:00 – Cazaquistão (R$ 5,43) x Montenegro (R$ 1,68) Empate (R$ 3,74)

01/09 – 15:45- República Tcheca (R$ 6,67) x Alemanha (R$ 1,52) Empate (R$ 4,19)

01/09 – 15:45- Noruega (R$ 1,61) x Azerbaijão (R$ 6,39) Empate (R$ 3,69)

01/09 – 15:45 – San Marino (R$ 42,97) x Irlanda do Norte (R$ 1,03) Empate (R$ 15,97)

01/09 – 15:45- Dinamarca (R$ 2,36) x Polônia (R$ 3,11) Empate (R$ 3,32)

01/09 – 15:45- Romênia (R$ 1,46) x Armênia (R$ 7,94) Empate (R$ 4,25)

01/09 – 15:45- Lituânia (R$ 4,75) x Escócia (R$ 1,83) Empate (R$ 3,40)

01/09 – 15:45- Malta (R$ 43,11) x Inglaterra (R$ 1,05) Empate (R$ 14,45)

01/09 – 15:45- Eslováquia (R$ 2,04) x Eslovênia (R$ 3,97) Empate (R$ 3,26)

02/09 -13:00- Georgia (R$ 5,44) x Irlanda (R$ 1,74) Empate (R$ 3,44)

02/09 – 13:00 – Sérvia (R$ 1,13) x Moldávia (R$ 23,45) Empate (R$ 8,10)

02/09 – 13:00 – Albânia (R$ 1,09) x Liechtenstein (R$ 20,43) Empate (R$ 10,85)

02/09 – 13:00- Finlândia (R$ 4,31) x Islândia (R$ 1,94) Empate (R$ 3,32)

02/09- 15:00 – País de Gales (R$ 2,21) x Áustria (R$ 3,51) Empate (R$ 3,19)

02/09 – 15:45 – Israel (R$ 1,59) x Macedônia (R$ 6,35) Empate (R$ 3,78)

02/09 – 15:45 – Espanha (R$ 1,84) x Itália (R$ 4,64) Empate (R$ 3,37)

02/09- 15:45 – Ucrânia (R$ 2,25) x Turquia (R$ 3,49) Empate (R$ 3,13)

02/09 – 15:45 – Croácia (R$ 1,03) x Kosovo (R$ 45,82) Empate (R$ 14,94)