Apostar nas Eliminatórias Sul-Americanas no Bodog

Cotas bem próximas para o jogão entre Colômbia x Brasil nas Eliminatórias

Duelo também será o encontro do líder com o vice-líder da competição

Depois da vitória de 2 a 0 sobre o Equador na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, o Brasil terá como compromisso a boa seleção da Colômbia, na cidade de Barranquilla. O jogo, que vale pela 16ª rodada das Eliminatórias da América do Sul para a Copa do Mundo da Rússia, será às 17h30 (horário de Brasília) desta terça-feira (5).

Cada vez mais líder da tabela com 36 pontos, os brasileiros têm 11 vitórias, 3 empates e 1 derrota, o que dá um aproveitamento de 80%. Até o momento foram marcados 37 gols e sofridos 10, dando um saldo de 27.

A fase canarinha é tão boa que no treino aberto feito na Arena da Amazônia, em Manaus, aproximadamente 36 mil pessoas estiveram presentes no fim de semana passado. Sensacional, não é? Na entrevista coletiva concedida após as atividades, o lateral Filipe Luís, do Atlético de Madrid, da Espanha, falou sobre os desafios que os colombianos irão impor aos brasileiros.

“Na Copa América perdemos para eles, quase não conseguimos jogar. Por outro lado é o nosso melhor momento. Temos que aproveitar isso. Tentar alimentar esses jogadores da frente para que eles possam chegar no gol com mais facilidade. Temos que respeitar o rival e jogar da melhor maneira possível”, disse.

Para encarar a Colômbia, o treinador Tite teve que convocar o lateral-esquerdo Alex Sandro, da Juventus, da Itália, para o lugar de Marcelo, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e o zagueiro Jemerson, do Mônaco, da França, que vai substituir Miranda, lesionado.

Do outro lado do duelo, os donos da casa também estão bem posicionados e ocupam a segunda colocação da classificação. Eles têm 25 pontos, com 7 vitórias, 4 empates e 4 derrotas. O aproveitamento é de 55.6%. Foram marcados 18 gols e sofridos 15, dando o saldo de 3. Na rodada anterior, os colombianos ficaram no zero a zero fora com a Venezuela.

Quem pode voltar a jogar contra o Brasil é o atacante James Rodríguez, do Bayern de Munique, do futebol alemão. O jogador se recupera de uma lesão muscular na coxa direita e busca um melhor condicionamento físico. Os anfitriões também têm em seu elenco Falcão Garcia, do Mônaco, da França.

Ao consultarmos as cotas podemos perceber que os brasileiros são apontados como os favoritos, o que já era esperado, ao estarem pagando R$ 2,50. Os colombianos, por sua vez, estão cotados em R$ 2,95.

 

Confrontos diretos

No primeiro turno das Eliminatórias, na partida realizada na Arena da Amazônia, os brasileiros levaram a melhor e venceram por 2 a 1, com gols de Neymar e Miranda. Os visitantes fizeram com Marquinhos, contra.

Em 30 jogos, o Brasil ficou com o resultado positivo em 19 oportunidades, representando 63%, e os colombianos em somente 3 ocasiões, dando 10%. Empates foram 8, sendo 27%.

Investimentos                                                                                                                  

O primeiro passo para conseguir bons lucros e bons investimentos nas apostas é estar por dentro das principais notícias das equipes em que você quer colocar a sua preciosa grana. Entendeu? Também tenha muito cuidado para não se deixar levar pelo fato de um time estar pagando muito mais que o seu adversário. É essencial ser realista e saber se o time que está com o maior valor tem reais condições de vencer e garantir um bom valor.

Depois deste breve “tutorial”, você está se sentindo confiante em dar os seus pitacos nas partidas de futebol das Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia e embolsar uma graninha?

Confira os jogos e as cotas da 16ª rodada das Eliminatórias:

Terça-feira (5 de setembro)

17h00 – Bolívia (R$ 4,40) x (R$ 1,80) Chile. Empate: R$ 3,65

17h30 – Colômbia (R$ 2,95) x (R$ 2,50) Brasil. Empate: R$ 3,15

18h00 – Equador (R$ 1,62) x (R$ 5,50) Peru. Empate: R$ 3,85

20h30 – Argentina (R$ 1,09) x (R$ 26,00) Venezuela. Empate: R$ 11,00

21h00 – Paraguai (R$ 2,75) x (R$ 2,60) Uruguai. Empate: R$ 3,60