Roger Federer é favorito no Masters 1000 de Montreal

Masters 1.000 de Montreal entra nas quartas de final com surpresa

 Na fase anterior do torneio, Rafael Nadal ficou pelo caminho

Esta sexta-feira (11) será dia de os amantes do tênis ficarem ligadinhos nos jogos. Isso porque serão disputados os duelos das quartas de final do Masters 1.000 de Montreal, no Canadá. O primeiro embate começa por volta de 13h30 (horário de Brasília). O argentino Diego Sebastian Schwartzman, 36º da ATP, vai encarar o holandês Robin Haase, posicionado no 52º lugar da classificação mundial. O primeiro tenista superou o norte-americano Jared Donaldson e o segundo despachou o búlgaro Grigor Dimitrov.

O sul-americano não é apontado como favorito para chegar nas semifinais ao estar com a sua cota estimada R$ 2,35, a cada real aplicado de sua preciosa grana. O europeu tem o seu valor cotado em R$ 1,60 por 1.

Em seguida, o terceiro do ranking da ATP, o suíço Roger Federer, valendo R$ 1,13, vai encarar o espanhol Roberto Bautista-Agut, número 16 do mundo. Para chegar até esta fase da competição, Federer passou pelo também ibérico David Ferrer, enquanto que Bautista derrotou Gael Monfils, da França, na quinta-feira (10). O rendimento da cota de Roberto Bautista vai ser de R$ 6,00. Não preciso nem falar quem deve conquistar o resultado positivo, certo? Ou não?

Sem dúvida alguma a grande surpresa destas quartas de final foi a eliminação do espanhol Rafael Nadal, apontado por alguns especialistas como um dos principais tenistas da atualidade. Este fato aconteceu na noite de ontem. O grande responsável por mandar o craque de volta para casa foi o canadense Denis Shapovalov, de apenas 18 anos. É isso mesmo que você leu, você não se confundiu. Para ter uma ideia maior do feito deste jovem, no ranking da ATP, ele é somente o número 143, enquanto que o europeu é o 2º. Por esta certamente você não esperava, não é mesmo? Está aí uma das graças do esporte. Tudo pode acontecer.

Agora, o rival de Shapovalov será o francês Adrian Mannarino, posicionado na 42ª colocação, e que venceu Hyeon Chung, da Coreia do Sul. Para fechar o dia, às 21h (horário de Brasília), o alemão Alexander Zverev, 8º ranking, com R$ 1,41, ao que tudo indica, deve passar pelo sul-africano Kevin Anderson, com a cota de R$ 2,95. Zverev derrotou o australiano Nick Kyrgios e Anderson venceu o americano Sam Querrey. Então, já sabe qual será o seu palpite?

Histórico de conquistas

Na edição da temporada 2016, o grande campeão do Masters 1.000 de Montreal foi o sérvio Novak Djokovic. Para faturar o caneco, ele precisou passar pelo atleta japonês Kei Nishikori por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/5. Roger Federer conquistou o mesmo título em duas oportunidades, nos anos de 2004 e 2006, enquanto que Rafael Nadal levou a melhor em 2005, 2008 e 2013.

 

Confira as cotas do Masters 1.000 de Montreal:

SIMPLES

Sexta-feira (11 de agosto)

13h30 – Robin Haase (R$ 1,60) x (R$ 2,35) Diego Sebastian Schwartzman

15h30 – Roger Federer (R$ 1,13) x (R$ 6,00) Roberto Bautista-Agut

19h30 – Denis Shapovalov x Adrian Mannarino

21h00 – Alexander Zverev (R$ 1,41) x (R$ 2,95) Kevin Anderson

DUPLAS

Sexta-feira (11 de agosto)

13h30 – Raven Klaasen e Rajeev Ram x Fabrice Martin e Edouard Roger-Vasselin

15h00 – Rohan Bopanna e Ivan Dodig x Gael Monfils e Benoit Paire

16h30 – Bob Bryan e Mike Bryan x Pierre-Hugues Hebert e Nico Mahut

19h30 – Henri Kontinen e John Peers x Oliver Marach e Mate Pavic

*Todas as cotas podem ser encontradas em nosso site.