Nadal favorito nas semifinais do US Open

Nadal encara valente Del Potro na semifinal do US Open

Disputas de simples e duplas vão chegando aos seus últimos dias

Depois de duas semanas de tênis de alto nível em terras americanas, o US Open vai enfim chegando aos seus últimos dias e conhecerá todos os seus campeões até o final de semana. No entanto, um duelo vai fazer você ficar grudado no torneio e acompanhar o que vai acontecer e quanto vai render, que é a partida entre Rafael Nadal e Juan Martin Del Potro. Isso porque esse encontro pode pagar mais que o triplo do valor investido, segundo dados do Bodog.

Semifinal masculina vai ser emocionante

Que me desculpem Kevin Anderson e Pablo Carreno-Busta, mas o foco desse US Open vai ser para o confronto entre Rafael Nadal e Juan Del Potro, que ocorre nesta sexta-feira. O espanhol dispensa comentários, afinal é um dos maiores tenistas de todos os tempos e líder do ranking. Porém, o que o argentino vem fazendo desde a Olímpiada é de tirar o chapéu.

Só neste torneio, Del Potro bateu o oitavo melhor do mundo, Dominic Thiem e o monstro Roger Federer. Neste último, o argentino teve uma atuação fantástica, vencendo por 3 a 1. Sua trajetória tem causado elogios até de ex-jogadores de futebol que cobram da seleção argentina a mesma raça que o tenista coloca em quadra. Com toda essa vontade e vivendo um momento mágico, você deve considerar investir no ‘Delpo’, que dá excelentes R$ 3,40 para R$ 1,00. No mínimo, vale acreditar que levará para o quarto set, que garante 50% de lucro.

Do outro lado, obviamente que Rafael Nadal chega como o mais cotado e rende R$ 1,33 em cada real. O espanhol tem simplesmente 84 títulos e busca sua terceira conquista no US Open. Nesta edição, faz uma campanha segura, tendo precisado do quarto set em apenas duas das cinco partidas.

Quanto a outra semifinal, os dois sonham com a primeira decisão de Grand Slam. Com um pouco mais de experiência, Kevin Anderson chega como o mais cotado para a partida, dando R$ 1,40 para cada real, mas Pablo Carreno-Busta sequer perdeu um set neste US Open e vale ser considerado, principalmente porque paga ótimos R$ 3,00 por um triunfo. O grande problema do espanhol é que ele vem de derrota para o rival em jogo ocorrido no mês passado, em Montreal.

Feminino tem decisão no sábado

Nesta sexta-feira as mulheres descansam na disputa das simples, pois no sábado é dia de final. Nesta edição, as jovens Madison Keys e Sloane Stephens desbancaram as veteranas e chegaram na primeira final do US Open. As duas inclusive vão em busca do primeiro título de Grand Slam.

Apesar de mais jovem, Keys é a que chega com mais força para a disputa, tendo alcançado posições mais expressivas em outras competições e aparecendo bem na frente no ranking (16º contra 83º). Sendo assim, surge como a opção mais natural, dando R$ 1,44 para cada real. Além disso, sofreu bem menos para avançar na competição do que a adversária. Isso porque Stephens só conseguiu ganhar um dos cinco jogos sem precisar do terceiro set. Com isso, corre por fora para esta final, pagando R$ 2,75, segundo números do Bodog.

Duplas masculinas

Se nas simples entre os homens ainda teremos as semifinais, nas duplas o capítulo decisivo acontece já nesta sexta-feira, às 11h, entre Jean-Julien Rojer/ Horia Tecau e Feliciano Lopez/ Marc Lopez. Aqui, não importa o vencedor que o feito será inédito. O único que chegou em uma final foi o espanhol Marc López, quando jogava ao lado de Marcel Granollers, mas ficou com o vice-campeonato em 2014.

Nesta edição, a decisão deve ser novamente equilibrada, mas Rojer e Tecau vivem um momento melhor, chegando inclusive de um título nos Estados Unidos, no Winston-Salem. Com isso, vale investir na dupla, que paga R$ 1,72 em cada real. Apesar de só terem perdido um set em todo US Open, os Lopez chegam correndo por fora, dando R$ 2,00, de acordo com estatísticas do Bodog.

Duplas femininas

Entre as mulheres a disputa ainda está na semifinal. No entanto, tudo caminha para uma final previsível. De um lado, Yung Jan Chan e Martina Hingis são bem superiores a Sania Mirza e Shuai Peng e dão 44% de lucro se confirmarem isso dentro de quadra, enquanto do outro, Barbora Strycova e Lucie Safarova não devem ter dificuldades para passarem por Lucie Hradecka e Katerine Siniakova, pagando R$ 1,50 para R$ 1,00. As zebras nos duelos valem R$ 2,62 e R$ 2,50, respectivamente.