Luta de Vitor Belfort contra Uriah Hall é última do brasileiro no UFC

Luta de Vitor Belfort contra Uriah Hall é última do brasileiro no UFC

         Evento de despedida acontece em St. Louis, nos Estados Unidos

Com 40 anos, o veterano Vitor Belfort quer se despedir do UFC com uma bela vitória. O carioca luta na madrugada deste domingo, dia 14 de janeiro, no UFC Fight Night 124, a ser disputado no Scottrade Center, localizado na cidade de St. Louis, nos Estados Unidos. O adversário será o jamaicano Uriah Hall pela categoria peso-médio. Esta é a segunda luta mais importante do evento.

Atualmente, Belfort está pesando 82 kg, com 1m82cm, e vem de um cartel de 26 resultados positivos e 13 negativos. De acordo com o próprio site do UFC, o atleta brasileiro tem como pontos fortes a explosão e as habilidades no boxe e no jiu-jítsu. Em 496 tentativas de golpear os adversários, 231 golpes foram conectados, gerando a taxa de 47% de sucesso. Defendendo, Belfort conseguiu evitar 51% das investidas rivais.

A última vez que o The Phenom, como Vitor é conhecido, subiu no octógono foi o triunfo sobre o norte-americano Nate Marquardt, no UFC 212, realizado no Rio de Janeiro, no dia 3 de junho de 2017.

Ainda segundo informações do UFC, em sua história no maior campeonato de MMA do mundo, Vitor Belfort conseguiu vencer com 18 nocautes, 3 finalizações e 5 decisões dos juízes. Derrotas foram 6 nocautes, 2 finalizações e 5 decisões dos juízes. A estreia aconteceu no dia 7 de fevereiro de 1997. Na oportunidade, a luta de Belfort foi diante do americano Scott Ferrozzo: vitória com um nocaute técnico.

Do outro lado do confronto, o atleta da terra de Bob Marley, Uriah Hall, de 33 anos, 84 kg e 1m85cm, também conta com um histórico positivo, sendo 14 vitórias e 8 derrotas. A apresentação mais recente dele foi no dia 16 de setembro do ano passado, quando superou o polonês Krzysztof Jotko no UFC Pittsburgh, na Pensilvânia, nos EUA.

Hall se destaca na luta em pé, especialmente nos chutes. O Prime Time, apelido do jamaicano, conectou 330 dos 621 golpes tentados, com o aproveitamento de 53%. Quando foi atacado, ele esquivou 55% dos golpes dos oponentes.

Falando em termos de cotas de apostas, Uriah Hall é apontado como favorito para vencer o duelo ao estar pagando R$ 1,32 a cada real aplicado por você. Agora, se Vitor Belfort vencer e relembrar os bons tempos, o rendimento é de R$ 3,40 por 1. Será a primeira luta entre estes dois atletas.

Main Card

A principal luta do UFC 124 é entre o norte-americano Jeremy Stephens e o sul-coreano Dooho Choi pelo peso-pena. O oriental, de 26 anos, é quem tem a ele atribuído o menor valor, ou seja, está com o favoritismo ao seu lado. Vindo de 14 vitórias e 2 derrotas, Choi paga R$ 1,62. O The Korean Superboy é bem habilidoso quando fica em pé no octógono.

Já Stephens, representante da casa, com 31 anos, cotado em R$ 2,30 por 1, está com o cartel mais recheado de lutas que o rival deste fim de semana. Até o momento, foram 26 resultados positivos e 14 negativos. Ele tem a mão pesada e costuma não desistir facilmente de seus desafios.

Confira as cotas das lutas do UFC 124:

CARD PRINCIPAL

A partir de 1h, no horário de Brasília

Jeremy Stephens (R$ 1,62) x (R$ 2,30) Doo Ho Choi – Peso-pena

Uriah Hall (R$ 3,40) x (R$ 1,32) Vitor Belfort – Peso-pena

Paige VanZant (R$ 1,95) x (R$ 1,80) Jessica-Rose Clark – Peso-mosca

Kamaru Usman (R$ 1,16) x (R$ 5,00) Emil Meek – Peso-meio-médio

CARD PRELIMINAR

A partir das 21h, no horário de Brasília

Darren Elkins (R$ 2,25) x (R$ 1,64) Michael Johnson – Peso-pena

James Krause (R$ 1,62) x (R$ 2,30) Alex White – Peso-leve

Matt Frevola (R$ 1,43) x (R$ 2,80) Marco Polo Reyes – Peso-leve

Thiago Alves (R$ 2,70) x (R$ 1,47) Zak Cummings – Peso-meio-médio

Kalindra Faria (R$ 1,90) x (R$ 1,83) Jessica Eye – Peso-mosca

Talita Bernardo (R$ 2,80) x (R$ 1,43) Irene Aldana – Peso-galo

Danielle Taylor (R$ 2,05) x (R$ 1,74) JJ Aldrich – Peso-palha

Mads Burnell (R$ 2,45) x (R$ 1,57) Michael Santiago – Peso-pena

Kyung Ho Kang (R$ 1,27) x (R$ 3,70) Guido Cannetti – Peso-galo